Thursday, December 29, 2005

 

Esfriar a passarinha!


Caros camaradas! Saudações burocráticas!

Queria começar este documento, por louvar o excelente nível de produtividade dentro d´O Partido do camarada Busílis, digníssimo Presidente da Comissão de Reeducação Ideológica e Propaganda, que tão prontamente esclarece e adverte os restantes camaradas para a devida conduta.

1º- Faço questão de louvar a escolha de tal camarada para tal cargo por parte do nosso camarada Pequenito Balariu, Secretário Geral do Secretariado do Comité Central.

2º- Passados estes dias tumultuosos, e não conflituosos, como alguns quiseram fazer entender, anuncio que o B.A.T.I.D.O., não levantará mais questões enquanto não for efectuada a eleição dos representantes do Comité Central no Politburo, porém gostaria que tais questões, que a meu ver são legitimas, um dia fossem respondidas.

3º- Se o decorrer das questões burocráticas dentro do seio d´O Partido, e suas aplicações normativas foram de algum modo perturbadas com o surgimento do B.A.T.I.D.O., não me resta alternativa senão pedir aos demais restantes camaradas as sinceras desculpas, como representante do B.A.T.I.D.O.

4º- O camarada Busílis, Presidente da Comissão de Reeducação Ideológica e Propaganda, mais uma vez, fez uma observação inteligente. Porém, saltou um parágrafo ao ler alguns documentos meus. Não aspiro à liderança d´O Partido, não sou ameaça administrativa ao camarada Pequenito Balariu, Secretário Geral do Secretariado do Comité Central.

5º- É minha intenção apenas, levantar algumas questões, que reconheco que por hora são inopurtunas (como tal, não me pronunciarei mais até à eleição dos representantes do Comité Central no Politburo), nesta tão frágil hora d´O Partido. Estarei na primeira linha, na hora de união d´O Partido sempre!

6º- É de salutar, também, a hercúlea tarefa do nosso magnânime líder, em reunir novos camaradas, nesta luta da elevação da máquina burocrática, rumo à excelência. Como tal, compreendo que devo resfriar os ânimos, e reconhecer, que o nosso Secretário Geral do Secretariado do Comité Central, esteja enterrado na máquina burocrática, e como tal, demasiado ocupado para entrar em sessões de esclarecimentos.

7º- A hora é de união camaradas! Este assunto, para mim, enquanto líder do B.A.T.I.D.O., está encerrado. Espero, tal como todos os camaradas, pelo normal decorrer burocrático, desta fase definitória d´O Partido. E manifesto o meu total apoio, ao Secretariado Geral do Comité Central!

Sem mais, despeço-me, esperando ter esclarecido.
ViVó Partido! VIVÓ Secretariado Geral! VIVÁ Máquina Burocrática!

P.S.: Não me recordo a nomemclatura do camarada, mas alguém me pediu para definir democracia. Mais uma vez, peço aos camaradas que sejam mais atentos a lerem os documentos.
Eu referi-me a um estado de democracia, e não um partido de democracia, camaradas! É extenuante ter que prestar esclarecimentos, quanto os documentos estão à vossa disposição, para lerem com calma, camaradas.

Ass: Camarada Tzé-Tzé

Comments:
Não só o camarada Secretário Geral possui diversos afazeres entre esse que citou, como também não é o dono de O Partido. Brevemente verá uma intervenção minha, mas lembre-se quem constroi o PREBUROCU são todos os camaradas e o camarada Secretário Geral tem também de dar espaço aos outros camaradas de intervirem e discutirem, ou quer o camarada que o Camarada Secretário Geral monopolize o debate.
 
Post a Comment



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?