Monday, January 30, 2006

 

Burocracia Canadiana trava sexo em grupo nas discotecas


Pois é Camaradas a burocracia canadiana decidiu pôr ordem no regabofe que se passava nas discotecas canadianas. Este é um facto importante para O Partido pois mostra como uma estrutura aplica uma burocracia, quando detecta que esta é necessária. Que tipo de perguntas e inquirições teram feito as autoridades canadianas antes de avançarem para tão drástico acto. Será o sexo em grupo um problema no Canadá? Será apenas o sexo em grupo nas discotecas um problema? Que tipo de burocracias fazer para regular o sexo em grupo no Canadá? Que efeitos existirão para esta actividade quando fôr regulada ou restringida? Qual é a história do sexo em grupo no Canadá? E por ai em diante ....

É bonito observar como a máquina burocrática anglo-saxónica aborda os seus problemas aplicando uma burocracia incrementadora. Isto é, altera-se fazendo mais burocracia, que neste caso é uma burocracia que cria a figura da discoteca para o sexo em grupo. Sem dúvida uma grande filosofia pois o problema não está no sexo em grupo mas no facto de não existir burocracias que o regulem. Como individuos ficamos todos muito mais descansados por saber a que tipo de discoteca nos dirigimos, ou seja, se nos dirigimos a uma com sexo em grupo ou a uma sem.

Feliz o camarada 1º secretário por poder estagiar na pátria que criou este método, não vemos o Blair a atacar a burocracia como outros irresponsáveis lideres europeus. Estes não percebem que a burocracia é vital para a estabilidade de qualquer sistema social, dizem que a vão combater mas esquecem-se que no fundo apenas estão a destruir burocracia antiga para criar uma nova. Nos paises anglo-saxónicos isso não acontece eles utilizam o método incrementador e não têm vergonha disso, eu por exemplo fico muito mais descansado se souber a que tipo de discoteca vou, se a uma com sexo em grupo ou a uma em que se joga a bisca enquanto se ouvem enfadonhos poemas do nosso camarada poeta Epitaph. No Canadá há burocracias que distinguem isto, em Portugal um tipo sai para a noite e nunca tem bem a certeza onde se vai meter.

Mudando de assunto. Estive a ler com atenção a candidatura não aceite do camarada Independente para a CRPI e para meu espanto uma luz fez-se durante uma das minhas análises do texto. Não é que camarada faz uma exposição literária, bastante exagerada e irónica da história dos membros fundadores do OP. Ainda por cima não forçou a sua candidatura, mantendo a postura e deixando para os especialistas uma futura e correcta apreciação de tão brilhante tratado. Não só por toda a sua história no Partido como também pela profundidade dos seus textos eu como camarada Secretário Geral tenho de pedir ao Presidente da CRPI que aceite agora esta candidatura. Será um erro histórico não se tomar esta atitude, os nossos sucessores não nos perdoariam e sabe-se lá o que tal acto poderá provocar em O Partido.

Assim vos deixo Camaradas. Viva o OP!!!!!!!!!!!!! Viva o Preburocu!!!!!!!!!!!!!!!

Camarada Secretário Geral do Secretariado de O Partido

Comments:
Realmente já me tinha questionado porque insistia o secretariado e a CRPI em ignorar escandalosamente a candidatura do nosso caro camarada Independente como o fez no post LEX EST MAXIMUS, quando este camarada foi o primeiro a demonstrar o seu interesse em fazer parte da propria CRPI já depois de ter abandonado esse cargo...
Realmente venho mostrar o meu apreço pelo nosso Secretário Geral que vem neste momento com uma actitude digna louvável reconhecer perante nós este erro e fazer os possiveis para repor a justiça...

Viva o nosso Magnanime e Justo Secretário Geral!!!

Viva a Camaradagem!!!

Viva o OP!!!

OP! OP! OP!
 
Post a Comment



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?