Wednesday, September 20, 2006

 

Ventos de mudança tentam afastar-nos...

Hail and stop the ball!!!

O secretário geral, com os defeitos e virtudes que se lhe conhecem, está à altura da vilipendiosa conduta d'aqueles que se dizem não só oprimidos mas amigos dos oprimidos também. Mas temo que em breve caia de tanto se baixar!


Esse oponente sem respeito não se dá a ele (ao respeito, pois sorte!), ofende, imputa, aleija, mas não dá, e toda a comunidade (palavreado burocrático, porque gente é de pobre quando nos referimos a nós e de burguês quando nos referimos aos outros) sabe que só quem dá é que leva, e que pode ir para a guerra!

Crescei, multiplicaivos, dividei vosso mau tempero por outros, que pode ser que assim tenhais quem vos oiça. Não recalcitrais, pois tal só vos faz mal e aos vossos.

Sabeis que foi Mary Quant a responsável pela magnifica vista que temos das pernas das moçoilas nos dias que passam a correr?
Também esta malta burocrata saberá alhear-se do real e invocar factos históricos para se armar ao pingarelho, mas não o faz de somenos, até porque é chato, diga-se.

A ofensa à pessoa credita o grande (ou pequenito) homem ou mulher que por trás dela (da pessoa e não da ofensa, ou da ofensa se entendermos como estando na sua origem- da ofensa) está, pois consegue arranjar uma briga entre um teclado e um individuo (la está outra vez o palavreado...) - entre o pensante e o existente - façanha quem nem marx, nem smith, nem nash, nem nordhaus, nem ney (matogrosso), nem ricoeur, nem nem (do braga, que fez com nunes uma das mais feias e eficazes duplas de centrais dos ultimos anos do futebol rectangular que cá se joga) conseguiram... (O Eládio Clímaco foi dos que mais perto andou, mas ainda muito longe.)
A tacanhez assusta.


Não temais aquilo que desconheces, deixai-vos ir, nem que seja...
Ou, se quereis continuar a aborrecer tenho uma coisa a dizer a vossa eminência: Put yourself on the little female garlic.

O Partido é maior que a soma dos egos dos seus membros, e é por certo maior que o (c)ego do leão, que é o pior porque não quer mas vê.

Viva O Partido!!!

Viva o secretário geral!!!

Viva a burocracia que não há quem a mate!!!

Comments:
Estava aqui a pensar numa coisa... como é que vocês recrutaram uma bosta falante como o enola rei ou lá como o filho da puta se chama?
 
Epah o Sr. Enola pode ser muita coisa e realmente não gostamos lá muito dele, no entanto achamos que nem esse tipo de informação lhe interessa, nem esse tipo de linguagem é correcto ou nos interessa.
 
Aliás, Sra. Toni, aconselho-a a nao levantar muitas ondas neste momento, os animos ainda andam um bocado exaltados para certos camaradas receberem determinados comentarios de certas pseudo-góticas setubalenses sem direito `a devida retribuicao. `A cautela, vá lá dar um ligeiro passeio `a Valenciana, aproveite para acalmar os seus demónios interiores com uma bola de gelado de arroz-doce e mantenha-se discreta...
 
Há muito tempo (duas horas no máximo) que não via um post assim... Li o raio do artigo 5 vezes seguidas, fui ao WC e li mais 3 vezes e continuei sem perceber patavina do que está lá escrito. Parabéns!

Cheguei, aconselhado por Quim Meano, meu braço direito e digo-vos, mais dia menos dia ponho-vos na barra de linques... É só chegar-me alguma paciência.
 
Camarada, bons olhos o vejam, bons espiritos o ouçam. Boa literatura.

VIVA O OP
 
Caro Zé Clarmonte,

O post que nos encontramos a comentar é, de facto, atípico da blogosfera portuguesa, mas nada raro em comparacao com os presentes nos arquivos burocráticos no noss'O Partido. Para uma melhor compreensao do mesmo aconselho leitura cuidado do restante conteudo do blog - algo para fazer com 56 kilos de amendoins al lado, nao vao as hipoglicémias atacar...

Ah, e no final questione-se: "será que sou camarada e ainda nao sei"? Uma resposta sustentada a esta pergunta para o mail d'O Partido pode-lhe valer um lugar no Comité Central!
 
Os meus parabens camarada kolkoz, vejo que o estagio que lhe foi fornecido plas brigadas de contacto e pla crpi estao a dar os seus frutos. Voce é mais um fruto dos estagios efectuados nas finanças da bobadela e Benavente !!! Seja bem vindo a postagem burocratica camarada!!!
 
Apesar de continuar no campo, arranjei forma de entre milharais, até se perder de vista ou muita vaca e cheiro a estrume encontrar um computador. Por mais que odeie o campo e essa cena bucólica que Cesário Verde tanto glorifica, ao deparar-me com o primeiro comment deste magnífico post do digníssimo camarada dei-me conta que há sítios piores que o campo. O bairro de chelas também tem cheiros ruins, a habitação social enclausura mais que a casa de campo, e por essa razão, talvez se possa compreender o porquê do vocab excelsiora. No entanto há que concordar com a primeira parte do seu charmoso texto. Ele pode não ser f**** da p*** mas lá que é uma b**** falante, é... contudo eu não o teria dito da mesma forma.

Zé clarmonte. até a sua atitude de nos acrescentar à lista de links, parece-me extremamente burocrática, pergunte-se lá bem, serei camarada? será que ainda não reparei nisso?
 
Manter-me discreta, é? Na Valenciana, é? Quem te dá o arroz sou eu, senhor camarada proto-paneleiro... já que frequentas o sítio apresenta-te para eu te partir o focinho!
Mas vocês pensam que eu tenho medo de vocês?! Eu até já afiei todas as facas cá de casa... vou fazer um churrasco...não querem vir?
 
Post a Comment



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?