Wednesday, December 14, 2005

 

Reciclagem Eleitoral do Voto Electrónico


Botão rosa paga campanhas de imagem.
Verde esquece o que do mesmo já foi feito.
Azul pinta o ecrã com cores berrantes cheias de rodapés e informação desbocada.
Botão amarelo enche os estandartes de sorrisos enquanto de lá de cima da varanda benta atiram ramos de palavras aos surdos dos pobres.
Castanho esborrata as paredes das fachadas de um mundo perdido, um admirável mundo podre.
Botão vermelho abre a porta número dois atrás da qual se encontram maravilhosos prémios como duas greves por ano para os profissionais mais bem pagos de um país com os bolsos rotos.
Botão laranja almofada os assentos das duas cadeiras que mais direito dão a espirrar perdigotos para cima de quem ainda os ouve, a de comentador independente e residente na república.
Resta o cinzento que cruza todos os sujeitados, aqueles que não têm sorrisos, não têm férias, que se tiverem uma fachada de metro e meio já é um palmo de sorte, que não vêem mais que rodapés porque os olhos fecham-se para fugir ao cuspo. Se é o botão dos que o escolhem ou dos que não fazem escolhas, não sei. O facto é que independentemente do botão de preferência o saco azul é para os mesmos e os restantes por aí ficam nesta poça de cinzento.

Comments:
Discussão entre o Camarada Ovelha (Epitaph)e o Camarada Pequenito Balariu acerca do interesse deste post para o futuro ideológico do OP.

Camarada Pequenito Balariu diz:
O camarada nem adopta a nomenclatura nem um espirito burocrático, esse tom poético faz lembrar um qualquer socialista descontente com o partido.

Camarada Ovelha diz:
Isso deve ser do caruncho, o caruncho que está em frente da vista não te deixa ver bem.

Camarada Pequenito Balariu diz:
Nem uma referência ao espirito burocrático nem ao próprio OP ainda por cima nesta fase de implementação do OP.

Camarada Ovelha diz:
O OP não são palavras.

Camarada Pequenito Balariu diz:
Ó camarada, isso não se enquadra na ideologia e muito menos na nomenclatura, aliás o camarada insiste em manter uma linha sectária não adoptando uma facção aceite pela nomenclatura instaladora

Camarada Ovelha diz:
o desenquadrado desenquadra-se

Camarada Pequenito Balariu diz:
O camarada terá eventualmente de se enquadrar, este tipo de atitude não será tolerada pela futura comissão de reeducação e propaganda ideológica e o comité central não deixará de tomar as medidas que sigam as orientações da comissão.

Camarada Ovelha diz:
Este camarada vai tomar medidas sérias depois de ter ido ao supermercado, ficará logo tudo resolvido.

Camarada Pequenito Balariu diz:
O camarada não esta a ter posições respeitadoras nem para com o partido nem para com o camarada Pequenito Balariu.Lá que o camarada precisa de ir a um sitio que o camarada chama de supermercado o camarada pequenito balariu não precisa de saber.

Camarada Ovelha diz:
Só não sabe quem não quer saber camarada.

Camarada Pequenito Balariu diz:
Vejo que a retórica está a fazer efeito no camarada, de tal forma que sinto que começa a aceitar a nomenclatura. Isso dá-me esperanças que o camarada seja no futuro uma "porca oleada" na máquina burocrática do OP que agora começa a voar
 
Post a Comment



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?