Tuesday, April 11, 2006

 

Ode a burocracia

Felpuda e indigente não deixa ninguem indiferente; a Burocracia esvazia a caraça que alguns põe perante uma ameaça... Temos de amá-la, venerá-la, implementá –la, mas nunca eliminá-la...

A burocracia é a coisa principal; adquire pois a sabedoriada burocracia, emprega tudo o que possues na aquisiçäo de entendimento de uma nova realidade!!! chamai a atenção dos camaradas para estas novas palavras!!

Para mim ela é Sacra pois não me deixa de ressaca, sou burocrático não me sinto práctico mas quase apático, deixem que lhes diga que não me causa fadiga quando apelo à Burocracia sempre que ela me acaricia...

Zombar ate mais não meus caros, a buro é magna pois é... é como um camprison de laranja, como um tomate de condeixa ou como rebuçados da regua!!!

Abrir um processo impede o retrocesso, mas não me vetem o acesso ou fico possesso... Quando vejo a papelada a crescer sinto-me quase a nascer, só para poder carimbar até tenho de mendigar... ò Burocracia não me deixes em tormento pois quase me sinto um Jumento...

Quem me dera que tivesse encontrado o caminho mais cedo... não desperdiçais tempo em coisas banais camaradas!!! um jogo de croquet? uma sangria espanhola? um caramelo de badajós? pobre de nós q não somos iluminados pela burocracia não é assim caro Epitah?

Alguns querem por-me uma chancela impressionante pois pensam que não passo de um tratante, assim não o é meus camaradas, pois Só sou Rei porque sei, que para amar a Burocracia nunca será com Democracia nem com Pedagogia ou mesmo com Demagogia...

Gosto de pensar que as coisas mais fofas vêm do que mais me convém!! Ben voila ici c Marcia et moi, C étai a la soirée de gym!!

On s'est bien amusé mm si ta pa pu faire la soirée T es kkun de génial! On samuse bien a la gym mm si des fois on est enervé,.. mai bon on enervé ensemble alors ça va!!

Que belas sao as palavras que me saem, dum romantismo quase lirico... que fofura!!!!

Sou o Rei d’O Partido não por o merecer mas para vos fazer crer que para se ser Burocrático nunca se pode ser errático, quando lanço um carimbo estou no limbo, sou o Rei e não sou uma Ténia por isso façam-me apenas uma vénia!!!

Mas não se preocupem, as familias a Sul de Condeixa já podem rapar as axilas, o Epitah ja não tem catarro de formiga... até a pala de batata ja fala!!! dexem-me criar burocracia, Para o Bem é o melhor!!!

Um grande bem haja!!


Comments:
Caro camarada, li e reli o seu texto e a única parte digna de ser sublinhada, na minha humilde opinião claro, foi a parte quem que o camarada se auto-intitulou de jumento. Desde já também lhe digo que batata era a sua prima, e por cá soube-se que ainda assim ela casou.

Je veux dire aussi a votre excelence qui vous chante bien mais ne m'amuse pas.

Com os melhores cumprimentos.
 
Como dizia uma cara amiga ' Por muy bien que cantes no se me ban a mober las tetas' (espanhol sujeito a grandes erros). Ja agora (entendendo a dificuldade do camarada) se quiser rimar com o meu nome tente utilizar o nome do passaro gigante que aterrorizou os estrumpfes e lhes destruiu a ponte (julgo). Ou entao o nome do polvo d' A Menina do Mar. Vai ver que nao se arrepende.
 
os seus conselhos terei sempre em conta... sabe q ouvir subditos é tarefa de quem é iluminado... Epitah o comboio la vai a epitah...
frances belo vindo de uma batata... festival dos pequenos burocratas da figueira da foz isto me parece... que bom ter camaradas...que bela a amizade... q bela a primavera... tudo é fofo, quem me dera ser tao erudito como epitah...Radamés não abandonou seu lado de compositor erudito e poesista tou a ver...
Até da para imaginar voce Epitah a comer comida macrobiotica, a ouvir musica etnica a tocar seu bandolim... erudo-wc tao bonito!!
 
Que falta de espirito burocratico, rima com a propria palavra. Barroca desilusao.
 
O nosso bobo delira muito, rima muito, mas não percebe nada de burocracia e de literatura infantil.
Como dizia o outro, quem muito rima, pouco acerta...
 
Post a Comment



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?